Número Azul: 808 919 800

Gorgulho

O Gorgulho e as Traças são frequentemente encontrado em alimentos armazenados

Os produtos armazenados, farinha, arroz, massas, grãos de cereais, nozes, figos, etc., são comumente infestados por várias pragas. As pragas mais comuns neste tipo de bens, são os gorgulhos e as traças. Estas podem ser encontradas nos locais mais variados, tais como: fábricas, armazéns, moinhos, casas de habitação, etc.. Por se tratar de pragas com origem tropical ou sub-tropical, vivem e desenvolvem-se em condições particulares de calor e humidade.

As pragas dos produtos armazenados (PPA's) podem ser divididas em primárias ou secundárias. As primárias alimentam-se dos alimentos inteiros (grãos de cereal e sementes inteiros/sãos), sendo que as secundárias alimentam-se de grãos de cereal e sementes partidas ou de sub produtos como farinha e farináceos

Capacidade reprodutiva

Por se tratar de pragas com origem tropical ou sub-tropical, vivem e desenvolvem-se em condições particulares de calor e humidade. As condições de temperatura e humidade, são determinantes na duração do ciclo de vida destes indivíduos. A 30º C a duração do ciclo de vida de uma espécie de traça pode acontecer em cerca de 50 dias. Contudo, a temperaturas de 17º C, esse mesmo ciclo de vida pode durar mais de 150 dias. A temperaturas abaixo de 17º C, o ciclo de vida é improvável.

No caso do gorgulho do tabaco (Lasioderma serricorne), uma só fêmea pode pôr numa única postura, de 20 a 100 ovos. Os ovos, em condições ótimas, eclodem em cerca de 7 dias e as larvas atingem a sua maturidade em 6-10 semanas. O estádio de pupa dura cerca de 5-14 dias. Ou seja, o ciclo de vida completo desta espécies conclui-se em 8-13 semanas.

Os danos causados pelas pragas dos produtos armazenados

Os produtos armazenados, farinha, arroz, massas, grãos de cereais, nozes, figos, etc., são infestados por estas pragas. Os ovos podem ser colocados no interior destes ou na imediação dos mesmos, para que as larvas se alimentem. No caso dos cereais e sementes, os bens infestados têm uma qualidade inferior e geram plantas fracas e vulneráveis a ataques de outros parasitas. Além das larvas, os indivíduos adultos também se alimentam e causam estragos, sendo responsáveis por percas económicas significativas.

Métodos de controlo

É necessário realizar inspeções regulares aos espaços e aos bens, para detetar focos iniciais de infestação. A regra de Ouro, é a eliminação do foco de infestação, impedindo que esta se propague a outros locais ou bens. O controlo deste tipo de pragas pode ser efetuado através de várias metodologias: aplicação de biocidas, aplicação de gases fumigantes (fumigação) e a utilização de dispositivos dotados de feromonas. Para algumas espécies destas pragas existem feromonas específicas, com as quais é possível obter eficácia muito grande. Na Anticimex temos elevada, e consolidada experiência no controlo de PPA’s.

 

Os nossos cookies são utilizados para melhorar a experiência do utilizador.