Ligue-nos: 215 913 019

As baratas são uma das pragas mais comuns em casas

A sua enorme capacidade de adaptação às mudanças ambientais torna as baratas os insetos de sobrevivência mais bem-sucedidos do planeta e, portanto, também uma das pragas mais complicadas de se controlar em residências e empresas.

Baratas em Casa?

Como surgem as baratas em casa?

As baratas podem se instalar em casas por diferentes meios: escondidas dentro de sacos, pacotes, caixas de cartão, embalagens de ovos ou eletrodomésticos infetados, entrando pelo exterior através de frestas ou buracos nas portas, janelas ou através de ralos, ou ainda movendo-se de uma casa para outra através de canos ou paredes de pladur.

O principal motivo pelo qual o aparecimento de baratas em casa passa muitas vezes despercebido, deve-se à sua atividade noturna. Ao permanecerem inativas durante o dia, a probabilidade de poder observá-las a entrar em casa é muito baixa.

 

Baratas não entram apenas em casas sujas

Há uma falsa crença de que as baratas só invadem casas ou moradias sujas. Por essa razão, muitas pessoas têm dificuldade em reconhecer que sofrem dessa praga em suas casas. Embora seja verdade que a falta de higiene é uma grande ajuda para esses insetos se reproduzirem de forma explosiva, esclarecemos que essa não é a razão pela qual elas entram nos lares.

Uma barata só precisa de água, comida e uma temperatura quente para se instalar em uma casa, então qualquer casa é suscetível de sofrer da sua desagradável presença, independentemente do quão limpa e arrumada esteja. No entanto, manter a casa limpa e arrumada é uma das chaves para controlar os níveis de infeção e impedi-las de crescer exponencialmente, pois assim permite limitar a quantidade de alimentos e abrigos disponíveis e, por conseguinte, interromper a sua multiplicação.

 

As baratas se reproduzem muito rapidamente

Uma das razões pelas quais as baratas são tão difíceis de controlar é o seu grande potencial de reprodução, o que lhes permite multiplicar o seu número em poucos dias.

Assim, por exemplo, no caso da barata alemã (Blattela germanica), uma das espécies de baratas mais comuns em casas infestadas, uma fêmea pode ter 4 a 8 gerações ao longo de sua vida, das quais, aparecem entre 30-48 ninfas em apenas 28 dias. Isso resulta em:

 

Isto tendo em conta que cada uma das fêmeas reproduz-se uma única vez, e que a invasão é produzida pela introdução em casa de uma única fêmea.

Esses valores nos dão a ideia de que é realmente importante reconhecer e tratar o problema das baratas em casa ao primeiro sinal de infeção, já que o controlo da praga é complicado com o aumento do número de indivíduos.

 

Sinais de uma praga de baratas em casa

Sua presença, a menos que os níveis de infestação da casa sejam muito altos, passa muito despercebida já que a sua atividade é concentrada durante a noite.

Os traços inequívocos da presença de baratas em casa são as marcas feitas pelas mandíbulas durante a alimentação em qualquer tipo de superfície: massas, alimentos, encadernações de livros, papel, cola, borracha, etc.

presença de excrementos (também conhecidos pelo termo alemão "frass"), que têm a forma de pó preto e que deixam em qualquer local frequentado, é também uma evidência muito comum da existência de baratas.

Outro elemento que pode ajudar a detetar uma praga de baratas é a presença de peles descartadas e ootecas, que são como pequenos estojos alongados de cor avermelhada ou preta, dependendo da espécie, e dentro dos quais se desenvolvem as ninfas de baratas.

Elas também podem ser detetadas procurando-as diretamente debaixo dos eletrodomésticos ou em fendas escuras e húmidas.

Em qualquer caso, na presença de baratas em casa, e tendo em conta a sua grande capacidade de sobrevivência, a melhor solução para efetivamente acabar com a praga é entrar em contato com um de nossos especialistas em controlo de pragas.

 

 

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do utilizador. Para mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies.